Páginas

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

MinC apoia inclusão do cordel no currículo escolar


A literatura de cordel pode tornar-se parte do currículo obrigatório das escolas públicas brasileiras. O pleito, que tem apoio do Ministério da Cultura  foi apresentado pela Academia Brasileira de Literatura de Cordel (ABLC) ao Ministério da Educação (MEC) nesta quinta-feira (16). 

No encontro, na sede do MEC, em Brasília, a secretária-executiva do MinC, Claudia Pedrozo, manifestou o apoio do órgão para que o gênero literário seja apresentado e debatido nas salas de aula de todo o país. A secretária também anunciou que o MinC fará investimentos da ordem de R$ 100 mil para digitalização do acervo da ABLC, no Rio de Janeiro, que tem mais de 15 mil cordéis.

Patrimônio

O pedido da academia acontece em um ano especial para a literatura de cordel no Brasil. Em 2018, ano em que é lembrado o centenário da morte de Leandro Gomes de Barros, pai da literatura de cordel e autor de mil títulos do gênero, o estilo pode se tornar Patrimônio Imaterial do Brasil. 

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Elifas Andreato celebra 50 anos de carreira

Artista gráfico, cenógrafo e ator, comemora 50 anos de carreira lançando o livro "Traços e Cores". Obra reúne mais de 600 reproduções de obras de sua autoria, criações das mais variadas épocas e segmentos. 

Com 416 páginas, livro destaca emblemáticas capas de LP's feitas para figuras do porte de Adoniran Barbosa, Chico Buarque, Elis Regina, Martinho da Vila e Clementina de Jesus, contextualizando os momentos históricos de cada uma das obras e explicitando ao público a motivação de cada uma delas.

Livro traça um perfil bibliográfico de Andreato, além de comentários de personalidades tipo Chico Buarque, Paulinho da Viola, Juca de Oliveira, Antonio Cândido e outros nomes que fizeram parte da história do artista. O livro está disponível nas livrarias da cidade de São Paulo ao custo de R$ 50.

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Aretha Franklin em estado gravíssimo de saúde

Em estado gravíssimo de saúde a Aretha Franklin recebe visita de Stevie Wonder e Jesse Jackson

A  cantora de soul Aretha Franklin, que está muito doente, e hoje recebeu   visita em sua casa na área de Detroit, USA, pelo colega músico Stevie Wonder, pelo líder norte-americano de direitos civis Jesse Jackson e por seu ex-marido Glynn Turman, disse sua assessora.

A cantora de 76 anos, que deixou a música gospel para um reinado de mais de 50 anos como a “Rainha do Soul”, está sob cuidados paliativos em sua casa, de acordo com sua assessora, Gwendolyn Quinn.

Em seu auge nas décadas de 1960 e 1970, Franklin dominou as paradas musicais com sucessos incluindo “I Never Loved a Man (The Way I Love You)”, “Baby, I Love You”, “(You Make Me Feel Like) A Natural Woman” e “Respect”, um cover de uma canção de Otis Redding que se tornou uma música de empoderamento durante a era de direitos civis nos Estados Unidos.

Fãs de Franklin, incluindo o ex-presidente norte-americano Bill Clinton, usaram as redes sociais para expressar carinho.  “Como pessoas em todo o mundo, Hillary e eu estamos pensando em Aretha Franklin nesta noite e ouvindo suas músicas, que têm sido uma parte tão importante de nossas vidas nos últimos 50 anos”, disse Clinton em publicação no Twitter na noite de segunda-feira, 13. (AgênciaFM com Agências Internacionais). 
-----------------------------
Conforme urgência da manchete de AgênciaFM" últimos suspiros de Aretha Franklin" a cantora veio a morre aos 76 anos, na madrugada do dia 16. Segundo  informou o empresário da cantora, ela fora diagnosticada com câncer em 2010.  VEJA AQUI

terça-feira, 14 de agosto de 2018

‘Noturnos’, no Teatro Cacilda Becker, Rio

Essa montagem faz uma releitura do espetáculo original, apresentado no Teatro Ziembinsky no ano de 1991, sob a concepção coreográfica da bailarina Carlota Portella.

Para homenagear a artista, os coreógrafos Andrea Dias, Geórgia Klier e Washington Cardoso assinam a coreografia dessa montagem que recria um dos trabalhos de maior destaque na área da dança.

Sobre Noturnos

Nosso pensamento é livre na noite. Não fosse ela tão íntima dos artistas. Sendo ela tão rica, seria difícil querer abrangê-la por inteiro. Vamos percorrê-la por onde ela nos tocou, pois, a noite, acreditamos, pode ”engendrar” também o sono e a morte, os sonhos e as angústias, a ternura e o engano.

Roteiro: Carlota Portella
Iluminação: Deise Calaça
Direção de produção: Andrea Mello
Assistente de produção: Washington Cardoso
Músico convidado: Marcelo
Programação Visual: Michell Baes

Dias:De 17 de agosto a 18 de agosto de 2018
Horário:
20:00 às 21:00
Local:
Teatro Cacilda Becker Rua do Catete, 338 Largo do Machado, Rio de Janeiro (RJ) Tel.: (21) 2265-9933
De 17 de agosto a 18 de agosto de 2018
Horário:
20:00 às 21:00
Local:
Teatro Cacilda Becker Rua do Catete, 338 Largo do Machado, Rio de Janeiro (RJ) Tel.: (21) 2265-9933

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Artistas de Rio das Ostras (RJ) no Dulcina

As apresentações são sempre às 19h, com ingressos a R$ 20 – meia-entrada a R$ 10. Nove atrações de grupos e artistas locais da cidade da Região dos Lagos se apresentam na programação. 

O Dulcina tradicionalmente abre as portas apenas para espetáculos Teatrais, mas essa agenda também conta com shows de música. Ela reúne Cerca de 50 atores, diretores, músicos, cantores e técnicos. 

A programação tem como objetivo dar oportunidade a esses artistas locais de apresentar espetáculos, não somente para o público, mas também para produtores cariocas, que poderão conhecer mais da produção riostrense.

Rio das Ostras Mostra sua Arte

Temporada de espetáculos de Artes Cênicas e Música
De 8 de agosto a 2 de setembro
Teatro Dulcina
Rua Alcindo Guanabara, 17 – Centro – Rio de Janeiro (RJ)
Tel.: (21) 2240 4879
Ingressos: R$ 20. Meia-entrada:  R$ 10

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

A insustentável queda de Michel Temer

Foto: El País
Eleito vice-presidente na cola da ladra e terrorista Dilma Roussef, Michel Temer assumiu presidência da República mas, mostra que fruto (mesmo ruim) não cai muito longe da árvore. temer tem 5 investigações em curso. 

O presidente cujo muitos afirmam ter pacto com o capeta, será que sucumbira? Ou será salvo por seu suposto apego. Ele tá ladeira abaixo. 
Muito além do caso do setor portuário, em que o STF (Superior Tribunal Federal)  autorizou a quebra do sigilo bancário do presidente da República, Temer ainda está envolvido em outros quatro casos na Justiça. 

A quebra do sigilo bancário do presidente Michel Temer (MDB) já o faz entrar para história: é a primeira vez que um presidente da República, no exercício de seu mandato, teve autorização judicial para que suas contas fossem examinadas. 

A decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso, divulgada nesta segunda-feira (5), diz respeito ao inquérito que investiga Temer por suposto favorecimento à empresa Rodrimar, que atua no Porto de Santos, por meio da edição do Decreto dos Portos. 

Tente entender essa acusação e recorde às outras quatro suspeitas que recaem sobre o presidente - que adora dar boa vida aos estrangeiros e criminosos invasores, enquanto os honestos nativos peregrinam debaixo de pontes das cidades, especial, São Paulo. 

O presidente Michel Temer é investigado em inquérito aberto com autorização do STF, em setembro do ano passado para apurar possível pagamento de propina por empresas do setor portuário. 

De acordo com a delação de Lúcio Funaro, operador do PMDB (atual MDB), ainda na condição de vice-presidente Temer teria pedido ao ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) que “ajustasse” a medida provisória (MP). 

Provavelmente ele até poderá se livrar de uma cassação, mas, não se livrará facilmente das acusações pois provas não faltam. Quem fora eleito em chapa de ladrão, praticamente ladrão também o é. 

Fica o aviso de não seguir sua indicação à Rampa do Planalto no pleito que se aproxima.  MAIS sobre Temer